Fevereiro / 2005
NOVIDADES Após as férias de verão e o feriado de Carnaval, nosso país inicia efetivamente o ano, como sempre. A Belge preparou para sua empresa um verdadeiro arsenal de novidades neste ano de 2005:


ARTIGO TÉCNICO Simulação + Otimização: União que possibilita o encontro do melhor cenário possível Por Wesley Alves da Silva Mestre em Eng. de Produção e consultor da Belge Por definição, otimizar é melhorar algo que já existe, visando determinar a melhor configuração para um determinado sistema em um menor tempo, possibilitando o tratamento simultâneo de uma grande quantidade de variáveis e restrições de difícil visualização e a obtenção de soluções não tradicionais com menor custo. A utilização da simulação, isoladamente, se baseia na tentativa e erro, possibilitando testes em situações ou cenários pré-estabelecidos. Aliada à simulação, a otimização se mostra de grande utilidade quando o objetivo é atingir um resultado ótimo. Ela executa vários cenários de simulação testando diferentes alternativas variando parâmetros previamente definidos pelo usuário. A otimização faz isso gerando possíveis soluções e avaliando os resultados, mantendo-se nesse ciclo até convergir para um resultado otimizado. O resultado a ser atingido, ou função objetivo, também é definida pelo usuário, podendo ser, por exemplo, a maximização da produção e / ou lucro ou a minimização do custo. O ProModel conta com dois softwares de otimização: o SimRunner, primeiro deste tipo no mundo e exclusividade do Promodel, e o OptQuest, da OptTek. Ambos fazem uso de algoritmos matemáticos de otimização como: algoritmos evolutivos, redes neurais, busca tabu, busca scatter e programação inteira, que descartam os piores resultados e encontram o resultado final sem a necessidade de testar todas as alternativas possíveis, reduzindo drasticamente o tempo para se atingir um resultado final, sem perda de qualidade na resposta. Assim, através do uso combinado de simulação e otimização é possível estimar a quantidade ótima de equipamentos, mão de obra, seguenciamento, etc. para se obter um resultado otimizado de maneira rápida, segura e barata. Os interessados por este tema podem contatar: wsilva@belge.com.br
CASE EM DESTAQUE Simulação no setor automotivo Aplicou-se a tecnologia de simulação em uma fábrica da Fiat com o intuito de se analisar o sistema de produção e avaliar as mais importantes causas de níveis altos de estoque em processo. Através de diferentes cenários estabeleceram-se regras para a melhoria do sistema produtivo, adquirindo a compreensão da relação entre o estoque em processo e os lead times, os tamanhos de lotes, os tempos de set-up e outros fatores. Como resultado da simulação, houve uma redução média de 48 % do estoque em processo da fábrica, sendo que a maior parte da melhoria resultou da aplicação de regras de programação e o restante, de melhorias tecnológicas. Com a intenção de se manterem competitivas nos novos cenários do mercado, as empresas necessitam de mudanças ou adaptações. A tecnologia de simulação tem grande potencial na obtenção de respostas sem a necessidade de perda de tempo e dinheiro e de paradas indesejáveis nas operações. Atualmente, grandes empresas do setor automotivo (nas áreas de montagem e de autopeças) utilizam com sucesso o Promodel em suas plantas no Brasil. Entre elas, cita-se: Michelin; Bosch; General Motors / SP; Volkswagen - S.Bernardo do Campo, São Carlos e Córdoba; Siemens Automotive; Pirelli; Mercedes Benz; Metagal. Os grandes retornos gerados pela implementação da tecnologia de simulação são conseguidos através de estudos em diversas frentes, como: